11.8.08

Escultura II

Antes, um desenho que fiz sobre o indivíduo e o mercado, inspirado no texto, "Eu etiqueta" de Carlos Drummond de Andrade.


E agora, a segunda parte da escultura em durepoxi. Lembrando que já está seca e pintada com uma camada de tinta preta. Pois bem, começando pelos materiais:
-duas esponjas -pincel chato que possa ser usado na figura -pincel fininho, tamanho 000 -espátula para misturar a tinta -tinta a óleo





Usei tinta a óleo, poderia dizer que era uma preferência técnica, mas a verdade é que era a tinta que tinha aqui em casa. Dependendo do que for feito, até guache serve, mas prefira as tintas que não formem películas, pois ela podem acabar com o todo o trabalho. As cores escolhidas não importam, mas o efeito planejado sim, escolhi dois tons para a pele, pois sabemos que a pele não é de uma cor só. Também escolhi preto, branco e vermelho, para os detalhes dos olhos e boca.

Para pintar basta passar a esponja na tinta e ir "batendo" na escultura.


Dica: Para acentuar entalhes, use o picel 000 para pintar de preto o detalhe. Com isso você reforça a sombra e destaca a figura. Nesses links tem três técincas úteis para pintura e customização, vale a pena conferir o resto do site para ver outras técnicas e dicas: Técnica Wash
Envelhecimento com Sal
Pastel Seco

E aqui o resultado final:


4 comentários:

Marcelo disse...

Fica muito legal. Eu já conhecia a técnica. Tinha um pessoal na minha época de juventude (há uns 20 anos atrás) que aplicava esse dom para fazer umas maricas espetaculares.. acho que o cara mistura baseado e arte...
dava uma mistura interessante...
rs

Vlado disse...

Tá parecendo o Shrek. Ficou legal, se eu tentar fazer um negócio desses aí vou ficar 3 dias pra fazer uma bola e mesma assim é capaz de ficar oval...Tópico interessante e util além de tudo.

barbara disse...

uma amiga minha fez uma escultura de durepoxi e disse que realmente murcha.



mas eu achei feio. parece uma azeitona do mal essa sua escultura.

bruno nobru disse...

Gusta, cara, encontrei teu blog pelo vídeo que voce incluiu no youtube sobre o consumismo com referência ao filme clube da luta..
achei muito bom este seu trabalho, não só bom como muito importante veicular uma imagem tão clara quanto o texto de drummond! ao meu ver esse é um dos sentidos fundamentais da arte - criticar a realidade que vemos e proporcionar outros e novos angulos de visão.. e voce o fez muito bem, e isso é força e coragem!
te falar, poderia utilizar essa sua imagem para criar outro trabalho artístico com intenção semelhante, citando fonte e referências? pois também estou nessa vibração de criar arte para que haja maior criticidade da realidade que nos é veiculada.. valeu!